No ano 431, o Concílio de Éfeso proclamou solenemente o dogma da maternidade divina de Maria: ela é verdadeiramente a Mãe de Cristo, que é verdadeiro Filho de Deus. Maria é, assim, a Teotókos - Mãe de Deus. A tradição e devoção a Nossa Senhora Mãe de Deus, no entanto, é muito anterior ao Concílio:estava presente na vida das comunidades cristãs. Foi a primeira festa mariana da Igreja Ocidental.

O Concílio Vaticano II reforçou o dogma, afirmando que "Maria, filha de Adão, consentindo na palavra divina, se fez Mãe de Jesus e, abraçando com generosidade e isenta de todo pecado a vontade salvífica de Deus, consagrou-se totalmentecomo serva do Senhor à pesoa e à obra do Seu Filho, servindo sob ele e com ele, por graça de Deus onipotente, ao mistério da Redenção" (cf Lumen Gentium, 56). Ela é portanto Mãe de Deus e Mãe de todos os homens redimidos por Cristo.

Festa: 1º de Janeiro

Recomende para seus amigos

Comentários

Escrever Comentário